O QUE SE LÊ PRIMEIRO?  OS PROPÓSITOS OU O CÓDIGO DE ÉTICA?

Rememoro o assunto, mais uma vez, por considera-lo de fundamental importância para os envolvimentos leonísticos.               

É protocolar, nas assembléias festivas de posse de novos Companheiros e Companheiras Leão, a leitura do “Código de Ética do Leão” e dos “Propósitos dos Lions Clubes”.   Até aí, tudo bem!   Não concordo, apenas, é com o desconhecimento e verdadeiro abandono do protocolo leonístico naquelas ocasiões.   Em determinadas solenidades há, primeiro, a leitura do Código de Ética. Em outras, a primeira leitura é canalizada para os Propósitos dos Lions Clubes.   Isso não é admissível!

                A culpa maior dessa falha, desculpem a franqueza, é de alguns Diretores Sociais e Presidentes dos Clubes anfitriões (pouquíssimos, na verdade!), que não procuram se ater aos conhecimentos protocolares, ou, até mesmo, dos próprios dirigentes leonísticos presentes às referidas solenidades, que não alertam os responsáveis por essa irregularidade protocolar comprometedora. E confesso que, muitas vezes, também me omiti quanto a isso. Mas, independentemente do fato, como ficamos? Qual é a ordem de precedência? O que se lê primeiro?

                O “Código de Ética do Leão” foi aprovado durante a 2.ª Convenção Internacional de Saint Louis, Missouri, Estados Unidos, em agosto de 1918, e jamais alterado até hoje. É uma norma de vida sugerida à família leonística. É um dos mais bonitos entre os existentes em todas as associações mundiais. Suas características específicas merecem e devem ser lidas e meditadas durante toda vida de um associado do Lions Clube.

                Os “Propósitos dos Lions Clubes”, antes denominados “Objetivos”, foram adotados em julho de 1919, durante a 3.ª Convenção Internacional realizada em Chicago, Illinois, Estados Unidos. Sua última alteração, inclusive com a substituição do título, ocorreu em setembro de 2007, e foi aprovada durante reunião da Diretoria realizada em Nova Delhi, na India, quando recebeu, também, a inclusão de dois novos itens.   São determinações constantes dos Estatutos Internacionais, obrigatórias para cumprimento em todos os Lions Clubes filiados à Associação, visando criar e fomentar um espírito de compreensão entre todos os povos para atender as necessidades humanitárias, oferecendo um serviço voluntário através do envolvimento na comunidade e da cooperação internacional.

                Diante disso, dúvidas não devem existir. Não se discute, aqui, o imponderável de quem nasceu primeiro: o ovo ou a galinha.   A questão é cristalina! O Código nasceu primeiro e a ordem deve ser mantida, não apenas por isso, mas porque a ética e fundamental em nosso meio. Então, durante qualquer solenidade leonística em que haja leitura dos dois importantes diplomas básicos do movimento, leia-se primeiro o “Código de Ética do Leão”, depois os “Propósitos dos Lions Clubes”.   Mesmo porque, em qualquer associação responsável como a nossa, e que tem apreço pelos seus princípios, não pode haver propósitos sem que sua ética esteja rigorosamente definida.

                É isso! Tudo muito claro!

 

                                                                   PDG MJF ANTONIO DOMINGOS ANDRIANI

                                                                   Assessor Distrital de Instrução Leonística

Próximo Evento 

EDPL 2021/2022 Escola de Dirigentes e Preparação de Líderes 06 a 10 de Junho de 2022
1
1
8
8
1
1
5
5
5
5
7
7
0
0
3
3

Usuários Online 

Temos 43 visitantes e Nenhum membro online

Login 

Bem Vindo ao Distrito LC-6!

Distrito LC-6

Visitantes

6953711
Hoje
Ontem
Esta Semana
Última Semana
Este Mês
Último Mês
Total
917
7849
33136
6800958
113697
191359
6953711

Seu IP: 44.200.25.51
19-05-2022 03:02

Curtir No FaceBook 

Scroll to top